A história da Restauração do Senhor.

Este é um resumo em forma de esboço sobre a Restauração do Senhor e sua História.

I.    A restauração do Senhor é a restauração das verdades divinas na forma como são reveladas nas Escrituras Sagradas, a Palavra Santa de Deus – 2 Tm 3:16.

II.     O avanço da revelação divina na restauração do Senhor:

A.   A palavra de Deus é a revelação divina, que não havia sido completada antes da escrita do Novo Testamento.

B.      Os apóstolos no Novo Testamento, especialmente o apóstolo Paulo, completaram a palavra de Deus com relação ao mistério de Deus, que é Cristo, e ao mistério de Cristo, que é a igreja, para dar-nos uma revelação completa da economia de Deus – Cl 1:25-26.

C.  Apoiando-se sobre os ombros de santos que serviram nos séculos anteriores, Watchman Nee e Witness Lee ministraram por quase um século para que tudo o que os apóstolos completaram fosse plenamente aberto aos filhos de Deus.

D.  A verdade na restauração do Senhor é a consumação da verdade dos dezenove séculos anteriores – 2 Tm 2:2.

E.  Veja o anexo com a lista de itens da verdade, as riquezas da revelação divina, desvendadas pelo ministério desses dois irmãos.

III.   Os pontos cruciais da verdade na restauração atual do Senhor:

A.  Os ensinamentos dos apóstolos – o falar completo de Deus no Novo Testamento concernente à economia de Deus no Novo Testamento – At 2:42.

B. O ministério do Novo Testamento – o ministério único de acordo com os  ensinamentos dos apóstolos – 2Co 4:1; 1Tm 1:12.

C.    A economia eterna de Deus – a linha central da revelação divina -1Tm 1:4b; Ef 1:10; 3:9.

D.    A Trindade Divina — o Deus três-um com o Seu divino dispensar para executar Sua economia eterna — Jo 14:9-20; Mt 28:19; 2Co 13:13; Ap 1:4-5.

E.  O Cristo todo-inclusivo — a centralidade e a universalidade da economia de Deus do Novo Testamento — Ef 1:23.

F. O ministério pleno de Cristo em três estágios — encarnação, inclusão e intensificação – Jo 1:1, 14; 1Co 15:45; Ap 1:4.

G.   O Espírito todo-inclusivo — o Espírito sete vezes intensificado, composto, que dá vida— 1Co 15:45b; Jo 7:39; Ap 22:17.

H.    A vida eterna de Deus — a vida incorruptível, indestrutível e incriada na qual fomos salvos e na qual reinamos — Jo 3:15-16.

I.       A salvação completa de Deus — a redenção judicial mais a salvação orgânica — Rm 5:10.

J.        O Corpo de Cristo—o organismo do Deus Triúno—Ef 1:22-23; 1Co 10:32.

K.    A expressão prática da igreja — o Corpo de Cristo expresso no aspecto pratico como as muitas igrejas locais — 1Co 1:2; Ap 1:11.

L.      A Nova Jerusalém — a consumação da economia eterna de Deus – Ap 21:2.

IV.  Os passos que o nosso Senhor empreendeu para dar-nos as verdades divinas:

A.     Faladas por Deus – Hb 1:1-2; 2 Sm 23:2; At 3:21; 2 Pe1:21.

B.      Escritas em hebraico e em grego.

C.      Traduzida em muitas línguas.

D.     Interpretadas e expostas – Mt 22:31-32; Lc 24:27, 45; At 8:30-35.

E.     Entendidas – o aprendizado das verdades divinas por meio do estudo dos escritos sagrados traduzidos e interpretados.

V.     Precisamos ter a verdade trabalhada em nós e constituída em nosso ser – 2 Jo 1-2:

A.  Ser constituído com a verdade é ter o elemento intrínseco da revelação divina trabalhado em nós para tornar-se o nosso elemento constituinte, nosso ser intrínseco, nossa constituição orgânica.

B.  O tipo de igreja que edificamos depende do tipo de verdade que ensinamos; portanto, há uma necessidade desesperadora da verdade viva para produzir a igreja, para ajudar a igreja a existir, e para edificar a igreja — 1Tm 3:15; Ap 3:8.

C.   A verdade sólida que é constituída em nós torna-se um suprimento constante e duradouro – 1Tm 4:6

VI.  Nossa responsabilidade de espalhar as verdades divinas entendidas, para a restauração e o restabelecimento do Senhor — Mt 28:19-20; Sl 147:15; 2Ts 3:1; Is 11:9.

VII.  A herança prática e espiritual para o desfrute, experiência e prática dos  santos na restauração do Senhor:

A.  A Versão Restauração da Bíblia Sagrada (1974-2003).

B.  Os Estudos-Vida de toda a Bíblia (1974-1995).

C.  Os picos elevados da revelação divina (1994-1997).

D.  The Collected Works of [As Obras Reunidas de] Watchman Nee (62 volumes).

E.  The Collected Works of [As Obras Reunidas de] Witness Lee (em andamento).

F.  Hinos.

G.  As sete “festas” anuais (conferências e treinamentos internacionais).

H.  Os treinamentos de tempo integral por todo o mundo.

I.   A vida da igreja local.

J.  A maneira ordenada por Deus e os grupos vitais.

K.  A prática do entremesclar para a realidade do Corpo de Cristo.